quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

ano novo antecipado


- Nossa mulher! Que cara é essa?


Mais uma noite de insônia Wal. Tô destruída hoje.


- Calma que hoje é o último dia de trabalho do ano. 2010 tá na porta e trará muitas realizações.


Nossa, de onde foi que saiu tanto otimismo? Nem parece você.


- É que algumas coisas acontecem no silêncio da  madrugada e somente eu presencio. Então os sinais de um bom ano novo estão chegando e você ainda não percebeu...


Como assim? O que é que está acontecendo dentro da minha casa que eu não estou percebendo?


- Sabe o seu gato? Aquele preto, chato e que eu odiava? 


Odeia quer dizer. 


- Não. Falei odiava mesmo. Não odeio mais. 


Sim, sei, você tá falando de Toulouse... Ai meu Deus! O que foi que você fez com ele?!?! Walter, você matou o meu gato?


- Claro que não sua louca! Posso até parecer mas não sou assassino! Presta atenção mulher! Daqui a pouco a sociedade protetora dos animais, o greenpeace, e tudo mais quanto for desses órgãos de proteção destas feras, quer dizer animais, vão estar me boicotando!


Fala logo o que você fez com ele! Toulouse? chiui,chiui,chiui. Ai preto! Que bom que você está bem. O que foi que o malvado do Walter aprontou dessa vez? Não meu amor, nem se preocupe, ele não vai mais pendurar pregadores de roupa em suas orelhas, mamãe não deixa viu?


- Pronto, começou a sessão loucura. Sabia que isso não é normal? Falar com animais? Eles não entendem viu? É tipo o blá, blá, blá da propaganda daquele sachet de comida!


E falar com seu amigo imaginário quando você já passou dos 4 anos faz tempo é normal?


- Olha o foco gata, não perde o foco!


Então prossiga meu querido. Porque você hoje não odeia mais o meu gato se desde que ele veio fazer parte da família você arrota sua antipatia pela raça?


- Devo confessar que gosto mais de cachorros, mas de ontem pra cá ele tem se mostrado até simpático...


O que foi?! Fala logo!


- Seu ano novo chegou mais cedo gata.


Como assim? Tô voando completamente.


- Você sabe que em alguns lugares do mundo quebrar as taças depois do primeiro brinde do ano é sinal de boa sorte, de fartura e boas energias para o ano que chega né? 
Tá pensando o que? Walterego também é cultura!


Sim, mas diga logo onde é que você quer chegar.


- Nesta madrugada, seu ano novo chegou porque o seu fiel felino fez a gentileza de dar um strike em seu jogo de taças favorito e quebrar duas. O gato não é fraco não visse: quebrou duas de uma só vez, eu achei que o estrago ia ser maior. O gato é ninja meu! Ele conseguiu passar pelo meio das taças e só quebrar as duas da outra ponta!


Péra. Você está me dizendo que minha bolinha de pelos preta quebrou duas taças que estavam dentro de um armário?


- Foi isso mesmo que eu disse.


Agora me responde: tem escrito idiota na minha testa em letras garrafais?


- Você quer mesmo que eu responda isso? Olha que o efeito pode ser devastador no seu dia. Lembra daquela vez em que você perguntou e eu fui sincero e ...


WALTER! Não fuja da pergunta: Como é que Toulouse conseguiu abrir a porta do armário e quebrar duas das minhas taças prediletas?


- Abrindo e quebrando ora!


Queridinho da mamãe, um gato não tem mãos, tem patas. E a não ser que algo tenha chamado a atenção dele para aquela portinha bem fechada e discreta que fica no home, ele jamais teria seguido pra lá. CONTE LOGO QUAL FOI SUA PARTICIPAÇÃO NESSE ATO FUNESTO!


- Porque eu tenho sempre que ter culpa? A taça que eu bebi vinho ontem a noite não quebrou. Ela está inteira ali em cima do balcão pra você lavar... e...


HÁ! Eu sabia! Tinha que ter o seu dedo na história! Porque será meu Deus que eu não desconfiei antes? Tanta amabilidade com o bichano só podia dar nisso! Você deixou a porta do armário aberta não foi? Aí ele entrou e fez o sasseiro lá dentro! E logo nas taças que minha amiga Flávia me deu de presente no Natal passado! Ai eu mato vocês dois!


- Os dois! Porque os dois?


Você por ter sido o instrumento que permitiu o crime. E ele por ter cometido o crime! Walter, solta ele! Não, Walter, volta aqui com o meu gato! Não pula essa janela! WALTER! Volta aqui! Eu preciso mostrar a ele que ele fez uma coisa errada! Vem cá!
Ops, acho que ele pensou mesmo que eu ia matar Toulouse. rsrsrsrsrs
Pelo menos serviu de lição pro meu ogro de estimação. rsrsrsrsrsr
Pronto! minha ressaca de sono passou todinha! Ai que dia maravilhoso eu vou ter! lá, lá, lá...


(2 horas depois...)


miau!


- Quieto bichano! Ainda não é seguro sair daqui! É eu sei, também estou com fome e sede! Aguenta mais um pouco. Já já a barra tá limpa.
Acho que a idéia de ano novo antecipado não colou...
Nunca vi a gata com aquele olhar. Deu medo... Só duas tacinhas... E agente tava até se entendendo bem, eu e você né cara? Eu jogava a bolinha e você pegava e trazia pra eu jogar de novo. Brincadeira inocente a nossa. As taças é que estavam no caminho de nossa nova amizade. Pronto. Se ele perguntar de novo vamos falar isso ok?


miau...

2 comentários:

Joy disse...

Hahaha!
Layla e suas história Walteregorídicas! Amei mais uma vez! Sempre rindo entre uma linha e outra!

Estou indo praí pra tua cidade querida, em janeiro devo aterrissar com a minha espaçonave!!


Beijos mil e bom dois dias que restam de 2009!

Dyana Barlavento disse...

Wal! Solta Toulouse!!!!!
O bichinho não tem culpa!!! Ele é um lord e até ele vc tá corrompendo!!!!
Aff!
Deixa não Biaya!!!