quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Querido Papai Noel:



Diferente das cartinhas que o senhor está acostumado a receber, esta não vem com uma lista de pedidos. Pelo contrário, esta traz uma lista de agradecimentos pelas minhas conquistas em 2010:


Conheci pessoas maravilhosas que estiveram presentes em minha vida no momento exato em que precisávamos umas das outras. Aprendi com elas, e acredito que deva ter contribuído também com o crescimento das mesmas.


Criei coragem para tomar novas decisões e enfrentar os meus medos de frente e de cabeça erguida.


Coloquei um ponto final em várias situações que vinham se arrastando ao longo de anos sem fim. Sem a menor vergonha de assumir que por total e completa covardia minha, já que sou avessa a mudanças.


Diferente do que muita gente cantou aos quatro ventos, minha mudança de emprego deu mais do que certo. Tenho hoje outra qualidade de vida e não falo isso me referindo a bens materiais. Falo isso porque agora tenho mais tempo para sorrir.


Aprendi que amar é muito mais do que dizer eu te amo. É, dentre outras coisas saber a hora de partir...


Aprendi que dizer sim sempre não é ser amigo de ninguém mas sim inimigo de você mesma, isso quando os "sins" anulam quem você verdadeiramente é.


Afastei-me de algumas pessoas das quais ainda sinto muita falta e me aproximei de outras que me dão novas alegrias.


Tomei as rédeas da minha vida pela primeira vez ciente dos meus atos e devo confessar que fui muito mole durante anos em não ter feito isso antes. Nunca senti a liberdade tão plena, bater asas em meu peito como agora que sou senhora do meu destino.


Abri o meu peito para a vida e para minha surpresa ele não ficou vazio como eu imaginei que ficaria! Engraçado como sofremos mais por nossa culpa do que por culpa de terceiros...


Chorei muito porque estava triste, chorei muito porque estava zangada, chorei mais ainda porque estava feliz. Na verdade, chorei por tudo e acho isso ótimo, antes que alguém me chame de coitada!


Mas de todos esses presentes, querido Papai Noel, quero agradecer em especial por agora poder me olhar no espelho e novamente me reconhecer. Cada ruga, marca, cicatriz nessa face é o que sou, e agora posso vê-los e reconhecer-me novamente.


Diante de tudo isso, não me sinto no direito de te pedir mais nada pra esse ano. Mas como não sou 100% altruísta, já comecei minha listinha para 2011 e caso o senhor deseje, já pode começar a antecipar como fez esse ano. Fica à seu critério querido bom velhinho.


Sem mais para o momento:
Layla Barlavento


P.S.: Pensei melhor, quero sim pedir uma coisa: Que leve até a casa de meus amigos virtuais o amor de Cristo e o espírito de fraternidade que ele sempre nos proporciona. E que sempre nos faça lembrar que acima de tudo o Natal é Cristo. Acho que tá de bom tamanho pra mim.


Agora de verdade me despeço!


Beijos na alma!
Layla Barlavento 

8 comentários:

Tiburciana disse...

tbem so tenho motivos a agraqdecer
bjos

Mimo Chic disse...

Layla,
que carta mais linda mais doce!!!
que pessoa especial, adoramos ir olhando os blogs, de um lado ou de outro...
bjs
esperamos retribuir o mesmo carinho com o nosso, e te-la com prazer se quiser como uma mimosa seguidora!
muito lindo tudo por aqui!!!

Daíse disse...

Oiiiiiiiiiiiii!
Adorei o seu blog! Parabéns!!!
Se quiser conhecer o meu, é : www.espiculaderodinha.blogspot.com
Bjos!!!

Teena in Toronto disse...

Happy new year :)

Happy blogoversary :)

Ana Cristina disse...

Layla, que lindo post! Adorei te conhecer (mesmo se virtualmente...ainda) e por isso também agradeço.

Já estou com saudade das suas conversas com o Walter; vocês estão dé férias, é?

Beijocas

Ana Cristina

Mulher na Polícia disse...

Que linda essa cartinha.
Nossa, amiga, vc escreve bem demais!

Cada vez que venho gosto mais ainda daqui.

Um beijo, minha linda!

Barlavento disse...

Quando será o velório deste blog?

hihihihihihi...
Brincadeira, irmã.
Sinto falta do Walter.

Solange disse...

Layla...

por acaso você e o Walter ainda estão de férias ?!?!?!

Paris ?
Milão ?
Mônaco ?

voltem logo... saudades...

beijocas