segunda-feira, 16 de agosto de 2010



Foi lindo!


- O que Gata?


O jogo do Santa Cruz. Levei Thom pela primeira vez ao campo. Foi lindo! Sabe, aquela multidão torcendo, o próprio Estádio que é maravilhoso, o time que não está lá muito boa coisa, mas que mesmo assim emociona. Teve de tudo Wal. Teve pênalti perdido, muitas bolas na trave, passes errados... Mas sabe, nada foi mais emocionante do que ver o meu filho torcer pelo nosso time. O brilho nos olhos, o sorriso estampado e o orgulho de ser Sata Cruz. Não importa se estamos na série D, nosso amor pelo Santa Cruz não tem divisão.


- Falou bonito Gata.


Ainda não falei do que o time tem de melhor Wal. A torcida. Cara... teve uma hora que o time estava perdido, mais de 25 do segundo tempo e nada de gol, e então chega pelo rádio a notícia de que o CSA empatou. Aquela massa humana cantando em uma só voz. "Sai do chão, sai do chão, sou tricolor de coração!" Deu gás aos jogadores. Logo depois disso saíram os dois gols que nos deu a vitória. Maravilhoso!


- É Gata. Deve ter sido lindo mesmo.


Foi sim Wal. Inesquecível. E agora fizemos um pacto: vamos a todos os jogos do Santa no Arruda! Thom é pé quente. O Santa ainda não havia ganho jogando em casa!


- Ele agora é o chaveiro da sorte do Santa.


Não Wal. Ele é a MINHA sorte!



8 comentários:

Mulher na Polícia disse...

Uau...

O Wal é pai?
rs rs rs

Nossa que grande ele, Layla e que lindos vocês dois.

Acho que até eu vou torcer para o Santa Cruz agora.

Beijão nesse filho lindo que você tem!

Barlavento disse...

Irmã.
Foi uma coisa linda mesmo.
E mesmo difícil de explicar com palavras, você conseguiu traduzir em cada caractere a emoção.
Que estejamos juntas em muitas vitórias: no campo, na vida...
Beijo.

Tiburciana disse...

E como não ser amuleto da sorte com um sorriso destes???
Lindo ambos mãe e filho
Layla me empresta ele para levar ate o Morumbi vai que ele da sorte ao meu tricolor tambem
RS
Bjos

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

E o FLAMENGO onde fica nessa história?

Lindo o guri, não vejo a hora de ter um filho ou filha e fazer coisas do tipo!

Abraços Imundos!

Cleia Lucena disse...

MEnina é realmente arrepiante ir ao "solo sagrado" que é o campo do santinha torcer e isso eu aprendi desde pequena, quando painho levava toda a familia, era tão bom!
Que bom que vc tem filho pra poder fazer isso, eu tenho um sobrinho que INFELIZMENTE torce por aquele outro timinho que prefiro nem falar o nome! Quem dera ele fosse SANTA CRUZ pra poder leva-lo ao campo comigo.
...sai do chão, sai do chão... Santa Cruz de coração...

Marcia Gullo disse...

Oi Lindona, é só pra saber uma coisa... li lá no seu Orkut (LUTO), podes me dizer o que houve????

Espero que não seja nada demais, ja vi isso antes, com outras contas, mas nunca tive curiosidade de saber o que era...mas como com vc a coisa é diferente....!!!!

Beijinhos linda e inté.

Marcia Gullo
www.blogdagullo.blogspot.com

Danny Almeida disse...

Oi gata...
q lindos.. q sorrisos contagiantes!
Amei...
vc é uma Pãe com P maiusculo.. te admiro pra kct!
beijokas no core, dos 2 (Pãe e Thom).
Danny Almeida

Dyana Barlavento disse...

Bom... Tenho que concordar com todos os comentários... Meu sobrinho é lindo... Pena que não sabe escolher time igual a mãe dele hehehehe...
Mas não há como negar que a torcida do santa cruz tá dando show... principalmente com o timinho que eles tem!!!